José Maria Barcia @ 23:03

Qui, 15/12/11

Há qualquer coisa que hoje em dia impede o individuo de ser bom. Não sei o que é. Sei que qualquer pessoa tem a capacidade de se emocionar com qualquer coisa. De fazer força para não chorar ou mostrar sinal de tristeza.

 

Às vezes esperamos por ler um texto que nos faça olhar para as coisas de outro maneira. Ver as pessoas que olhamos todos os dias e por magia, hoje são diferentes. Todos queremos ser bons.

Às vezes esperamos por uma música que nos sensibilize. E desejamos que essa música não pare porque queremos ser sensíveis aos outros. Porque na rua está frio, porque a minha família gosta de mim, porque tenho amigos, porque as minhas tristezas são só minhas e passado uns tempos já melhoraram. Porque às vezes, olhar pela janela não é só virar a cabeça em direcção à rua. Porque às vezes é muito mais que isso. É imaginar quem não vai passar o natal com quem mais ama. É imaginar que não pode dar tudo o que queria dar a quem mais merece. Olhar pela janela é perigoso. Faz-nos sentir. Sentir um aperto no meio do peito. Uma certa angústia.

 

Digo isto porque acho que falta qualquer coisa. Um empurrão, muitas vezes basta isso. Um texto, uma música, uma acção ou apenas uma lembrança.

 

Gostava de ajudar o mundo. É este o meu desejo mais infantil. Infantil por ser aquele que vem comigo desde cedo. E todos os dias vemos grandes exemplos de Humanidade.

 

O miúdo com morte anunciada que conforta os pais no quarto de hospital, a senhora que ajude um sem-abrigo a levantar-se, o cristão que protege o muçulmano enquanto este reza, os voluntários que dão a volta ao mundo com o objectivo de serem boas pessoas, o mendigo que partilha a sua esmola com outro.

 

Ainda não perdi a fé na humanidade. Já estive próximo mas tive sempre sorte de ler, ouvir ou ver qualquer coisa que me disse que mostrou que afinal podemos sorrir ao fim do dia.

 

Olhem pela janela, meus caros. Mas desta vez leiam qualquer coisa que vos emocione. Ponham uma música bonita ou lembrem-se de alguém que foi bom. E então olhem pela janela. Prometo que desta vez vai ser diferente.

 

 



Obrigadinho!

 

O Polaroid podia ter ganho o prémio de Blog Revelação do ano 2011 da TVI24, mas infelizmente vocês são uns leitores do caraças e não votaram em nós! Mesmo assim, vamos continuar a escrever, sendo que quem levou a taça foi o @ChicodeOeiras e a sua malta esquerdista! Já percebemos que vocês preferem o Mao ao amor e o Enver Hoxha aos nossos textos bonitos! . Agradecemos a vossa ajuda! Obrigadinho malta!


PS - O Zé Maria obrigou-nos a colocar no final disto: "mas continuamos a gostar de vocês".
Pub.
Segue no Twitter
Arquivos
Pesquisar
 
RSS