Ana Santiago @ 23:35

Qui, 09/02/12

A Inês Meneses, generosa radialista e talentosa comunicadora, que dá fogo ao éter nas manhãs da rádio Radar, partilhou hoje no Facebook a resposta que, ao fim de seis anos do programa 'Fala com Ela', recordou com mais prazer: "Pergunto a Paula Rego o que a terá aproximado do marido Victor Willing, e ela responde apenas - Sexo!".

A Inês, que admiro por amar a rádio, a música e o poder das palavras (e a rádio em Portugal tem esquecido tantas vezes a importância das palavras...), consegue sempre dizer coisas que me remetem para outras, num delicioso exercício de intertextualidade.

O seu maravilhoso post de hoje (que arrecadou mais de 100 likes) veio colocar a cereja em cima de um bolo cozinhado durante o final da minha última noite, em que discutia precisamente a importância do sexo nas relações.

Costumo dizer que é 70 por cento de uma relação. Exagero, dizem-me. Não é, digo. E espero ainda no lar estar a defender esta percentagem que só poderá igualar-se em importância à que eu defendo que a cultura, a educação, a saúde e o turismo deviam ter nos orçamentos de estado.

Não nos ligamos, amamos ou aproximamos de alguém só porque o sexo é bom, mas o sexo só é bom se estivermos ligados a esse alguém. E há coisas que ou são ou não são, e nem vale a pena perder tempo a pensar nos 'ses'. É uma questão de energia, só para simplificar, que agora não estou com cabeça para entrar em espiritualidades.

O *bom sexo não é garantia de nada, não é garantia de amor ou de afecto - pode até não ser mais do que a base de uma muito divertida e compensadora "amizade erótica", como subscreve o Alberoni -, mas o mau sexo é a maior garantia de que uma relação está votada ao insucesso, ou àquilo que substitui o insucesso, quando não se quer terminar uma relação: Infelicidade.

O que levou a Paula Rego ao marido é o que nos leva a todos. Podemos depois ficar ou partir, mas se nunca houver bom sexo nunca chegaremos a estar. A 100 por cento, que é a percentagem que realmente interessa no amor. 

 

* O que é bom sexo? Toda a gente sabe (e cada um sabe de si).

 



Anónimo @ 12:28

Sex, 10/02/12

 

nem a 100% nem de forma nenhuma... vai-se ficando. apenas. e só.

Obrigadinho!

 

O Polaroid podia ter ganho o prémio de Blog Revelação do ano 2011 da TVI24, mas infelizmente vocês são uns leitores do caraças e não votaram em nós! Mesmo assim, vamos continuar a escrever, sendo que quem levou a taça foi o @ChicodeOeiras e a sua malta esquerdista! Já percebemos que vocês preferem o Mao ao amor e o Enver Hoxha aos nossos textos bonitos! . Agradecemos a vossa ajuda! Obrigadinho malta!


PS - O Zé Maria obrigou-nos a colocar no final disto: "mas continuamos a gostar de vocês".
Pub.
Segue no Twitter
Arquivos
Pesquisar
 
RSS